Star Trek: Confronto de Opiniões

Ivo Heinz analisa o atual momento da franquia Jornada nas Estrelas, após a estreia de Star Trek - Discovery pela Netflix, o que vem gerando polêmica entre os fãs da criação de Gene Roddenberry.

publicado em 21/11/2017 18:09:00

Está ficando muito chato essa polarização em tudo. Na política, nós brasileiros já estamos cansados com isso, na FC sempre teve um embate entre alguns fãs de Star Trek e Star Wars. Mas, ultimamente, eu acho que chegou a níveis alarmantes. O número de séries novas sobe a cada ano. Tente se lembrar quantos seriados seus amigos te passaram a dica, mas você, infelizmente, não conseguiu ver, pura e simplesmente por falta de tempo.

Para piorar, várias séries estão sendo canceladas ainda no primeiro ano, sem que consigam passar seu plot principal à sua audiência: tem todo aquele tempo pra apresentar os personagens durante as primeiras histórias, mostrar o plot principal e as sub-tramas, etc.... Eu sempre digo que, com menos de 6 episódios vistos, não dá pra dar uma opinião bem fundamentada se eu realmente gostei; lógico, tem coisas tão esquisitas pro MEU GOSTO que um episódio é suficiente para eu não ver mais.

Mas, repare, escrevi MEU GOSTO, em maiúscula mesmo, como se estivesse falando alto: tem coisas que eu gosto e outras pessoas não, e muitas vezes minha opinião vai contra a da maioria dos amigos, tanto para gostar ou não gostar. E daí? Não deixo de ser mais ou menos amigo porque o fulano gosta da série X, ou porque o sicrano não curte o seriado Y como eu. Tem tantos no mercado que vamos conseguir achar pontos em comum, ou aprender mais sobre os gostos do outro.

Nas últimas semanas, a polarização entre Star Trek: Discovery e The Orville atingiu níveis lamentáveis na minha Timeline, vi gente acompanhando uma das séries (de que não gosta) só para anotar o que considera pontos fracos; peralá, o sujeito gasta seu tempo, vendo algo que não gosta, só pra anotar o que vê como deficiência e, depois, posta na internet??

Sim, tem gente gastando tempo nisso.

Olha, se eu fosse jornalista, ou trabalhasse no mercado de TV, lógico, teria que acompanhar e fazer meus relatórios (não, meu trabalho nem de longe tem a ver com isso), mas aí eu teria de seguir certos procedimentos e uma escala de valores; se eu fosse crítico de cinema e TV, a mesma coisa. Mas não, são fãs, gastando seu precioso tempo livre pra..... odiar???

Pra falar mal e tentar mudar a opinião de outras pessoas? Tá bom, e o que vão ganhar com isso? No que o Mundo mudará?

Continuo sem entender, estas pessoas, como eu, vêem seriados como hobby, pra relaxar, pra distrair do dia-a-dia; não é pra gostar do que estamos fazendo então? Eu, pelo menos, tenho pouco tempo livre, então procuro acompanhar o que gosto, se algum novo seriado (e procuro sempre saber o que está sendo lançado) aparece, quero checar se vale a pena, e colocar mais um na minha enorme lista.

Sim, The Expanse já me deram duas temporadas sensacionais, adorei; The Man in a High Castle também foram duas temporadas excelentes e mal posso esperar pela próxima; The Americans acho muito bom, etc...

Porque então eu perderia meu tempo, que infelizmente é pequeno, vendo o que eu NÃO gosto?

Tanto Discovery como Orville tem qualidades e defeitos; se Orville acaba se parecendo muito mais com a Nova Geração de Jornada nas Estrelas e a Federação como vimos em outros seriados de Star Trek antigos, as piadinhas fora de contexto me incomodam; se Discovery tem uma boa produção e naves até muito avançadas para um prelúdio, a propulsão de esporos me faz lembrar dos navegadores de Duna e, pior, sei que isso não pode continuar por causa do cânone.

Se eu continuar, posto qualidades e defeitos das duas por muitas linhas, mas não vou gastar o meu tempo e o seu, que está lendo este artigo. Só quero dizer que, dificilmente, você vai ver um seriado onde todos os episódios são bons, o enredo geral nunca tem furo, etc. o que você vai procurar é algo que te distraia, que te faça sentir que valeu a pena o tempo gasto vendo aquilo.

 E, se colocar numa balança e achar que não está valendo a pena, vá ver outra coisa, nunca antes tivemos tantas opções.

 Mas, uma dica, aguarde uma meia dúzia de episódios, assim você tem um panorama melhor, você deu tempo ao seriado pra tentar te convencer; um só episódio ou o famoso não vi e sei que não vou gostar pode acabar te tirando de algo que, no futuro, você pode achar fantástico.

Aconteceu comigo, com  Galactica, eu achava que o reboot não iria ser bom, pra ser sincero eu não gosto de reboots, prefiro histórias novas, o original eu já vi.

E Galactica foi absolutamente sensacional, devia ter visto antes.

Curta seus momentos de lazer, aproveite, tem muita coisa boa por aí.