In Memoriam – James Drury (1934 – 2020)

A televisão perdeu um de seus melhores interpretes da Era de Ouro da TV, onde trabalhou num dos grandes clássicos da telinha, O Homem de Virginia.

publicado por Paulo Gustavo em 07/05/2020 14:25:00

Após cavalgar por vários dos mais icônicos cenários do faroeste americano, o lendário capataz sem nome conhecido como o Homem de Virginia, aposentou sua arma, tirou as esporas, e foi conhecer o outro lado da vida. James Drury, o homem de Virgínia, nos deixou aos 85 anos de cidade, de causas naturais em sua causa em Houston, no estado do Texas.

Por ironia do destino, James Child Drury, que teve seu nome consagrado no Hall da Fama como um dos melhores protagonistas de faroeste em 1991, não nasceu em alguma cidade do Oeste Americano, mas em Nova York, filho de Beatrice (Crawford) e James Child Drury, um irlandês que lecionava marketing e publicidade na Universidade de Nova York. James passou muito tempo de sua mocidade, numa fazenda de sua família no Oregon, onde aprendeu a pilotar. Seu avô materno, o ensinou a atirar e montar.

Em seu primeiro papel importante, Planeta Proibido - 1956


Enquanto o pai lecionava, James atuava desde os 12 anos de idade numa pequena companhia de teatro amador. Acabou fazendo Artes Dramáticas na Universidade de Nova York, mas acabou fazendo o último ano de faculdade na UCLA, não em Artes Dramáticas, mas em algo bem ligado aos pioneiros do Oeste, horticultura e criação de animais. Após a formatura, ele assinou contrato com a Metro-Goldwyn-Mayer e fez sua primeira aparição na tela um ano depois, em 1955, no filme Armadilha Amorosa, estrelada por Frank Sinatra. Em 1956, esteve  no clássico da ficção-científica, Planeta Proibido.

Pelo seu perfil jovem e atlético, ele protagonizou vários soldados e oficiais do exército americano, além de dar início ao que seria o futuro de sua carreira, fazendo várias participações especiais em séries sobre o Oeste Selvagem, como O Texano, O Homem do Rifle, Espada Partida, Bronco, Paladino do Oeste, O Homem da Lei, Cheyenne, O Rebelde, Gunsmoke, e Caravana. Tudo isso, até 1962, quando entrou para o elenco principal de O Homem de Virginia.

O Homem de Virginia, a série de 1962


Baseado na obra de Owen Wister escrita em 1902, a série levava a assinatura do produtor Roy Huggins, responsável por outros grandes sucessos dda TV, como Maverick, 77 Sunset Strip, O Fugitive, e Arquivo Confidencial. A série mostrava o dia a dia do capataz sem nome, sempre mencionado como o Virginiano ou O Homem de Virginia, um importante estado americano. Ele, um homem rígido e hábil com as armas, trabalhava para cinco proprietários diferentes: o juiz Garth (Lee J. Cobb), Morgan Starr (John Dehner), John Grainger (Charles Bickford), Clay Grainger (John McIntire), e Coronel Alan Mackenzie (Stewart Granger). Para ajudar no trabalho, Drury tinha ao seu lado Doug McClure, interpretando o divertido Trampas.

O Elenco da série O Homem de Virgínia


A série ficou nove temporadas no ar, com 249 episódios exibidos pela NBC. O diferencial é que cada episódio durava mais de 70 minutos. Não se sabe se o resultado desse tipo de produção levou a NBC a criar a série Os Detetives, que mostrava um episódio com mais dessa duração, como se fosse um telefilme.

Era como fazer um filme toda semana, disse Drury em uma entrevista em 2016. Era um conceito muito radical. Eu sei que a série Caravana passou para o formato de 90 minutos durante uma temporada, mas não ficou por muito tempo nesse formato. A única série que conseguiu isso por tanto tempo foi O Homem de Virgínia”. O ator comentou ainda que os produtores mudaram o esquema de produção para conseguir entregar mais do que um episódio por semana. Em uma famosa ocasião, participei de cinco episódios da série no mesmo dia.

A ultima série em que foi protagonista - Firehouse - 1974


Quando a série saiu do ar em 1971, o que levou James Drury a um período de tristeza, mas declarando que continuaria fazendo a série por mais dez anos. Nos anos 70, trabalhou em algumas produções que não duraram muito, fazendo mais participações especiais em outras séries como ??Smith e Jones, As aventuras de Brisco County, Jr., Kung Fu- A Lenda Continua, Duro na Queda. Esteve na versão do cinema da série Maveryck, ao lado de Doug McClure, em 1994. Trabalhou em vários episódios de Walker, Texas Ranger, em 1993 (aqui no Brasil o SBTo batizou de Chuck Norris é a Lei), além de fazer uma participação especial no telefilme da TNT, O Homem de Virgínia, estrelada por Bill Pullman em 2000.

Com seu cavalo appaloosa, Joe D, que usou em O Homem de Virgínia


Em O Homem de Virgínia, telefilme da TNT, em 2000


Em  Após o cancelamento de Firehouse, série de ação mas que durou apenas 13 episódios, Drury  conseguiu se reinventar como um empresário de sucesso. Comprou uma  fazendo de criação de cavamos Appaloosa, raça de seu cavalo, Joe D, que usou em O Homem de Virginia. Depois, com uma empresa de reciclagem de asfalto. Ele se mudou para o Texas, onde teve uma companhia de petróleo e gás natural.

O Oeste da Televisão vai sentir falta do Homem que veio de Virgínia...

Tags :

© Copyright BestTV 2020