In Memoriam – David Hedison (1927 – 2019)

Ele ficou conhecido como o capitão Lee Crazne, na clássica série Viagem ao Fundo do Mar e deixa saudades entre os fãs.

publicado em 03/08/2019 12:05:00

Ele havia feito algumas pequenas participações em séries de TV nos anos 50, ainda com o nome de Al Hedison, até ser escalado para um dos grandes clássicos da ficção científica de todos os tempos, A Mosca da Cabeça Branca,de1958. Foi quando Albert David Hedison Junior ganhou notoriedade e começou a usar seu novo nome artístico, David Hedison.

Nascido numa pequena cidade de Rhode Island, David ficou fascinado com a ideia de ser ator ao assistir o clássico romântico Sangue e Areia, estrelado pelo trio Tyrone Powear, Linda Darnell e Rita Hayworth. Curso Artes Cênicas na conceituada Brown University. Quando terminou o curso, mudou-se para Nova York onde cursou drama na HB Studio em Greenwich Village.  Foi aluno de Sanford Meisner na The Neighborhood Playhouse e também de Lee Strasberg, da lendária Actors Studio.

Atuou em várias produções offbroadway e no clássico de guerra, Raposa do Mar (1957), estrelada por Robert Mitchum e Curt Jurgens. Esse filme fazia parte do contrato que fechara com a Fox, que lhe permitiu mostrar que era mais do que um rosto jovem e promissor, mas um ator de talento. Assim que fez A Mosca da Cabeça Branca, o produtor e diretor Irwin Allen o colocou no elenco de outra ficção, O Mundo Perdido, de 1960.

Paralelamente, David estava fazendo uma nova série de ação na TV, também pela Fox, chamada Contra-Espionagem (Fige Fingers,1959) que, curiosamente só chegou ao Brasil após a estreia em 66 de Viagem ao Fundo do Mar, onde o nome de David Hedison é lembrado até hoje como ícone da cultura pop, por interpretar o capitão do USS Seaview, Lee Crane.

A série estreou três anos após o longa metragem produzido e dirigido por Irwin Allen, Viagem ao Fundo do Mar, com Walter Pigdeon, Barbara Eden (Jeannie é um Genio) e Robert Sterling () no papel de Lee Crane. A história mostrava a aventura de um poderoso submarino nuclear com janelas frontais (Seaview) para impedir o fim do mundo. O papel do capitão Crane era para David, mas devido a outros compromissos no teatro e várias participações especiais em séries da Fox, ele acabou não aceitando o trabalho.

Melhor para Irwin que pode contar com o ator para a série, que mostrava a tripulação do Seaview enfrentando os mais diversos tipos de desafios submarinos, de espiões sabotadores até alienígenas e monstros marinhos. Foram quatro temporadas exibidas totalmente aqui no Brasil, mas infezlimente nunca disponibilizadas em mídia física.

Com o final de Viagem, David continuou trabalhando muito, incluindo uma passagem pelas telinhas britânicas, onde atuou em séries como O Santo, Enigma e BBC Play at the Month. Voltou para os Estados Unidos onde atuou em teatro e fez dezenas de participações especiais na televisão como em O Jogo Perigoso do Amor.

Foi seu trabalho em Londres que abriu as portas para interpretar o agente da CIA, Felix Leitner, e amigo de James Bond no filme Com 007 Viva e Deixe Morrer, estrelado por Roger Moore. Ele voltou a viver Felix em 1989, em 007 – Permissão para Matar, com Timothy Dalton vivendo o agente britânico. O curioso é que os acontecimentos do personagem de Felix no filme, foram retratados no livro de Ian Flemming, Com 007 Viva e Deixe Morrer.

No cinema, esteve no épico A Maior Historia de Todos os Tempos (1965) e na ficção Megido (2001). Em 1980, se reencontrou com o amigo Roger Moore na produção britânica, Resgate Suicida, que também tinha no elenco Anthony Perkins e James Mason. Em sua carreira, David fez participações especiais em vários momentos importantes da Tv como em Ilha da Fantasia, Duro na Queda, Perry Mason, As Panteras, O Barco do Amor, Assassinato por Escrito, O Poderoso Benson, Carro Comando, As Panteras, Casal 20, Carga Dupla, A Supermáquina. Dinastia e em seu spinoff, The Colbys, inédito no Brasil. Um de seus últimos trabalhos na TV foi na telenovela The Young and the Restless.

Segundo sua família, David partiu calmo e tranquilo durante a ultima noite. Certamente, seus fãs e amigo ainda lembrarão de seus melhores momentos na ponte de comando do Seaview, discutindo com o Almirante Nelson (Richard Basehart) a rota da próxima aventura... Todos as postos!!!

Tags :

© Copyright BestTV 2019