Série prevê corrupção brasileira

Lei & Ordem – Crimes Premeditados antecipou os casos de corrupção para a escolha do Rio de Janeiro para ser sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

publicado por PAULO GUSTAVO PEREIRA em 09/07/2019

Alguém se lembra quando um episódio dos Simpsons causou um incidente internacional entre a produção da série da Fox e o governo da cidade do Rio de Janeiro? Foi em 2002, quando exibiram O Feitiço de Lisa, da 13ª temporada, mostrando Homer, Marge, Lisa, Bazrt e Maggie visitando o Rio, onde macacos dominam as ruas, cobras atacam impiedosamente e o Cristo Redentor fica perto do Amazonas.

As brincadeiras com o Rio, que também aconteceram com Toquio e Sidney, desagradaram o governo carioca que chegou a iniciar um processo contra a Fox e o criador  da série, Matt Groening. Ele, inclusive, chegou a pedir desculpas pelo episódio.

Mas a nossa tradicional baixo estima ainda  seria atacada de uma forma mais eficiente pela série Lei & Ordem – Crimes Premeditados. Em junho de 2009, a NBC exibidiu o episódio The Glory That Was, onde  um empresário inescrupuloso maquiava o assassinato de um membro do Comitê Olímpico Internacional, que iria votar contra o Brasil para ser sede das Olimpíadas de 2016.

Naquela época, o Brasil pleiteava ser sede dos Jogos Olímpicos de 2016, e também da Copa do Mundo em 2014. O episódio, inspirado nas notícias que circulavam sobre o pleito brasileiro, era mais uma das criações da equipe de roteiristas da franquia Lei & Ordem, que se inspirava no noticiário geral para criar os episódios da série.

Tudo mudou em setembro de 2009, um mês antes do anuncio oficial de que a Olimpíada viria para o Rio, quando o canal por assinatura AXN, exibiu o mesmo episódio na noite de quinta, dia 3. Mas, não foi nesse dia que o circo pegou fogo, e sim, no domingo seguinte, sete de setembro, quando o episódio foi reprisado.

Na mesma tarde, o noticiário começou a comentar que o governador Sergio Cabral e o prefeito Eduardo Paes, estavam  irritados com o que acontecia no episódio e que a série, estava pondo em risco a possibilidade do Rio de Janeiro ser a sede dos Jogos Olímpicos. O Jornal da Globo fez uma ampla reportagem sobre o caso, me entrevistado sobre o assunto. Afirmei que era normal a equipe de roteiristas da série se inspirar no noticiário geral. Simples assim.

O que faz o assuntou voltar a ser comentado é o fato de que o crime  de corrupção idealizado no episódio de Crimes Premeditado, aconteceu de verdade.

Não o assassinato do membro do Comitê Olímpico, disfarçado de crime passional. Mas o suborno de alguns dos membros votantes por parte dos membros grupo de corruptores, como Sergio Cabral, Eduardo Pais e até o ex-presidente Luis Inácio. Numa declaração recente ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, responsável pela Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, Cabral admitiu que usou U$ 2 milhões para comprar os membros de alguns membros do COI. Segundo Cabral, Eduardo Pais e o ex-presidente não participaram diretamente do caso, mas estava sabendo de tudo.

Desde o começo, a ideia de trazer esses dois eventos do esporte mundial para se sede no Brasil já cheirava a coisa feia. Em qualquer outro país mais consciente, eventos desse porte ajudam a criar uma infraestrutura que fica após o evento acabar, especialmente nos transportes urbanos. Surgem novas linhas de metro ou similares. Em Londres, por exemplo, foram construídas duas novas linhas para facilitar o acesso aos locais de jogos.

Aqui no Brasil, as grandes empreiteiras construíram e gastaram bilhões de reais em novos e inúteis estádios de futebol, bem como uma Vila Olímpica que está jogada às moscas e o carioca em geral não tem acesso ao que sobrou dos aparelhos esportivos. Ironicamente  ao discursar na apresentação brasileira para o COI, o ex-presidente disse que os Jogos Olímpicos no Rio serão inesquecíveis, pois estarão cheios da magia e da paixão do povo brasileiro. Esqueceu-se de dizer, convenientemente, que os Jogos também beneficiaria o esquema corrupto de poder.

Pena que o episódio de Lei & Ordem – Crimes Premeditados não foi descoberto pelos brasileiros quando de sua primeira exibição pela NBC, em julho de 2009. Quem sabe, um movimento popular pudesse ter interferido na votação e não teríamos a vergonha de estar relacionados com a Olimpíada mais Corrupta da história dos Jogos Olímpicos.

Com certeza, foi um crime mais do que premeditado...

Tags :

© Copyright BestTV 2019